Foto: Andreyse Porto

A Secretaria Municipal de Educação vai realizar seleção pública para contratação de 300 professores através do Regime Especial de Direito Administrativo, REDA. Eles irão atuar nas 206 escolas da Rede Municipal de Educação em atividades inadiáveis de ensino, ocupando vagas temporárias.

“O profissional que ingressa através deste tipo de contrato substituirá professores efetivos que estão afastados do trabalho, não comprometendo as vagas destinadas aos educadores concursados”, ressalta a secretária de Educação, professora Anaci Paim.

As vagas temporárias são definidas a partir de situações de afastamento do professor que é servidor público, como licença médica, prêmio ou ainda por interesse particular.

Uma vez que o professor afastado temporariamente retornará ao seu posto, a vaga dele não pode ser ocupada em definitivo. “Já as vagas reais só podem ser preenchidas por professores concursados. É totalmente diferente do contrato temporário que visa atender a necessidades inadiáveis de ensino”, observa a secretária.

A Administração Municipal já iniciou os trâmites legais para a contratação dos professores, com a autorização do prefeito Colbert Martins. O edital público informando todos os detalhes sobre a seleção já está sendo preparado.