Foto: Divulgação/Coelba Com informações do G1

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) prepara um aumento de 20% ou mais na bandeira tarifária mais alta nas contas de luz. A informação foi revelada pelo diretor-geral do órgão, André Pepitone, em audiência na Câmara dos Deputados. A bandeira vermelha está atualmente em vigor e inclui R$ 6,24 nas contas de energia a cada 100 kWh consumidos.

Essas mudanças são reflexos da crise hídrica deste ano, que acarreta o uso maior de termelétricas, fonte de energia mais cara. Pepitone estima uma alta nas contas de luz de 5% em 2022 por causa do problema hídrico. Os consumidores livres – empresas que compram energia diretamente das distribuidoras – devem pagar o adicional ainda em 2021. Neste ano, os reajustes estão na faixa de 7% a 7,5%, de acordo com a Aneel.