Brasil | Foto: Reprodução | Twitter | @flamengo

Um time brasileiro voltou jogar com público no estádio na quarta-feira, 21. Foi o Flamengo, que recebeu torcedores no Mané Garrincha, em Brasília, durante um compromisso pela Taça Libertadores. Mas logo a tendência é que mais pessoas voltem a frequentar as arquibancadas em diferentes estados do país, já que o desejo da CBF é fazer a retomada do público em jogos da Copa do Brasil.

A entidade já enviou um documento às federações estaduais com a previsão de ter torcedores in loco para os jogos das quartas de final do mata-mata nacional, que estão previstos para o fim de agosto. A ideia é usar essas partidas como testes antes de um retorno definitivo do público aos estádios.

Em alguns estados já existe sinalização positiva para a presença de torcedores nos jogos. É o caso de Brasília, que na quarta, com permissão da Conmebol, teve público no jogo entre Flamengo e Defensa y Justicia.

Três clubes do estado seguem vivos na Copa do Brasil: Bahia, Vitória e Juazeirense. Procurada, a diretoria do Tricolor informou que será favorável ao retorno de público nos estádios quando as autoridades públicas também forem.

Já diretoria do Vitória afirmou que iria cumprir o que fosse recomendado pela CBF.

A Juazeirense também foi procurada, mas não respondeu os questionamentos da reportagem, que também tentou entrar em contato com a assessoria do governo estadual, mas não teve resposta.

Bahia, Vitória e Juazeirense estão nas oitavas de final. Para chegar às quartas, quando a CBF pretende autorizar o retorno dos torcedores, os representantes baianos vão precisar passar por Atlético-MG, Grêmio e Santos, respectivamente.