Após confirmar o favoritismo e vencer a atleta Shih-Yi Wu, de Taiwan, na madrugada desta sexta-feira, 30, a boxeadora baiana Bia Ferreira homenageou as suas origens em entrevista após o combate. Nascida na capital baiana e criada em Juiz de Fora, ela afirmou estar “muito feliz” por estar representando seu povo.

Em luta relativamente tranquila, a brasileira dominou o combate em todos os três rounds, garantiu lugar nas quartas de final e se encontra a somente um passo de garantir uma medalha para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ainda durante a entrevista, ela também pediu que continuem a acompanhando para assistirem o restante do espetáculo.

Com o resultado, Bia Ferreira volta a subir nos ringues somente na próxima terça-feira, 3 de agosto. Pelas quartas de final, ela vai enfrentar Raykhona Kodirova, do Cazaquistão.