(Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Com campanha irregular no Campeonato Brasileiro, não era difícil imaginar que o Bahia chegaria na reta final da competição ainda brigando contra o rebaixamento. O que os tricolores não esperavam era que o Esquadrão voltasse a emplacar uma sequência sem vencer no torneio.

Depois do princípio de reação sob o comando de Guto Ferreira, quando a equipe ficou sete jogos sem perder e conquistou 13 dos 21 pontos disputados, agora o time encara fase de seca. Não vence há três jogos, com duas derrotas e um empate. Dessas três partidas, duas foram contra adversários diretos na parte de baixo da tabela.

O Bahia deixou pontos pelo caminho ao perder para o Sport, por 1×0, na Arena de Pernambuco, e no empate com o Cuiabá, por 0x0, na Fonte Nova.

Sexta-feira, o Bahia recebe o Grêmio na Fonte Nova. O time gaúcho é o 18º colocado, com 35 pontos, uma posição e dois pontos abaixo do tricolor. Como está enfrentando o Flamengo em casa nesta terça-feira (23), em partida atrasada da segunda rodada, o Grêmio pode desembarcar em Salvador à frente na tabela.

Já na segunda-feira, dia 29, será a vez de desafiar o Atlético-GO, em Goiânia. O Dragão é o atual 15º colocado, com 40 pontos. A sequência do Bahia tem ainda o líder Atlético-MG (dia 2) e Fluminense em casa (dia 5) e Fortaleza, no Castelão, jogo que encerra a temporada, no dia 9 de dezembro.

A boa notícia é que o artilheiro Gilberto está à disposição contra o Grêmio, após cumprir suspensão.