Jamile Amine Foto: Reprodução / Globonews

Durante coletiva de imprensa realizada neste domingo (9), o coronel Giuvane Barbosa, do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, informou que foram encontrados “segmentos corpóreos” das duas vítimas que estavam desaparecidas após o desabamento de um paredão rochoso no lago de Furnas, em Capitólio (MG). Com isso, sobe de oito para dez o número de vítimas fatais da tragédia.

Ainda segundo o coronel, no momento os bombeiros descartam a possibilidade de haver outros desaparecidos, mas garantiu que as equipes seguirão as buscas, pois corpos ainda estão sem algumas partes.

Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal de Passos (MG), onde estão sendo identificados com a ajuda de papiloscopistas enviados pela Superintendência da Polícia Federal, de Belo Horizonte.

Também neste domingo (9), a Polícia Civil de Minas Gerais divulgou a identificação prévia dos dez mortos, que estavam na lancha Jesus. Segundo os bombeiros, oito delas tinham algum grau de parentesco. De acordo com a polícia, todas as dez se conheciam e estavam hospedadas na mesma pousada, na cidade de São José da Barra, no Sul de Minas.