Foto: Andrews Pedra Branca

Os motoristas de táxi de Feira também serão contemplados com o benefício emergencial que será concedido pelo Governo Federal, a partir de 16 de agosto. Desta forma, a Prefeitura encaminhou a lista ao Ministério do Trabalho e Previdência dos permissionários que encontram-se em situação regular com o Município.

Segundo o secretário municipal de Transportes e Trânsito, Saulo Figueiredo, o valor máximo de R$ 2 mil será pago acumuladamente já na primeira parcela – esse valor é referente a duas parcelas do benefício. O pagamento será efetuado através da Poupança Social Digital, o Caixa Tem.

“Não é necessário que o taxista se dirija à SMTT, pois a distribuição do auxílio será feita automaticamente pela União”, explica o titular da pasta.

Terão direito ao auxílio financeiro o taxista titular da autorização emitida pelo poder público municipal, bem como seus auxiliares, e que estejam exercendo a prestação do serviço até 31 de maio.

No município existem 1.350 vagas de táxis e a relação destes profissionais foi entregue pelo prefeito Colbert Filho através da Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

O prazo de vigência do benefício é de 1º de julho de 2022 a 31 de dezembro de 2022, e será pago em mais quatro parcelas mensais. O Governo Federal estabeleceu o limite de R$ 2 bilhões que compreende o valor global da Emenda Constitucional nº 123, de 14 de julho de 2022, “para o enfrentamento do estado de emergência decorrente da elevação extraordinária e imprevisível do preço do petróleo, combustíveis e seus derivados e dos impactos sociais deles decorrentes”.